46 3523-6060

BLOG - Kisol Piscinas

Uma estrutura criada e projetada para além de proporcionar momentos incríveis dar a máxima segurança para você.

Como manter a piscina limpa por mais tempo: 4 dicas simples

Piscina limpa por mais tempo representa mais segurança para os usuários e menos trabalho para quem cuida de sua manutenção e isso não é uma coisa impossível. Certos cuidados podem prolongar por muito mais tempo uma água saudável e uma piscina mais limpa de modo geral.


1. Entre a escova e a peneira

A primeira dica de como manter a piscina limpa por um período mais longo é usar a escova e a peneira. Uma boa limpeza deve se iniciar com a escovação das paredes e das bordas da piscina assim que elas começarem a escurecer.

Em seguida, é recomendado usar a peneira a fim de deixar a superfície da água limpa de diversas sujeiras, como folhas e insetos. Essas sujeiras podem interferir na eficácia do cloro e entupir o filtro.


2. Chegou a hora de usar o aspirador e o filtro

O aspirador ajuda a retirar os detritos que passam facilmente pela peneira. Outra utilidade do aspirador é que ele remove a sujeira depositada no fundo da piscina.

Depois de passar o aspirador, use o filtro. No filtro, a água passa pela areia, deixando aí as outras impurezas que permaneceram mesmo depois de usar o aspirador.

O processo de filtração leva algum tempo, que é indicado pelo próprio fabricante. É importante respeitar esse período para que os resultados sejam os melhores.


3. Faça o tratamento químico

O tratamento químico consiste na terceira etapa de como manter a piscina limpa por mais tempo. Primeiramente, avalie os níveis de pH e alcalinidade, usando o estojo ou a fita de testes. O nível ideal de pH fica entre 7.0 e 7.4.

Caso a água esteja ácida (pH baixo), é necessário adicionar o elevador de pH (carbonato de sódio). Caso esteja alcalina (pH alto), é necessário aplicar o redutor de pH (ácido muriático ou bissulfato de sódio em pó).

Após corrigir os níveis de pH, aplique o algicida para evitar a proliferação de algas (azuis ou verdes) que escurecem a cor da água e contaminam a piscina. A medida recomendada de algicida é de 5 a 7 ml para cada 1.000 l de água.

Finalmente, aplique o cloro, que contribui para conservar a água saudável, eliminando agentes causadores de doenças (como bactérias e fungos). Uma doença muito comum que a falta de cloro causa é a micose. A quantidade indicada de cloro é de 4 g por 1.000 l de água.


4. Use uma capa protetora ou capa térmica

Use uma capa para resguardar a sua piscina. Basicamente, as capas são de dois tipos: de proteção (lona) e térmica.

A lona simplesmente isola a piscina do ambiente ao redor. Tem ganchos para amarração, ilhoses e cordas em sua estrutura geral. As melhores do mercado vêm com um sistema de drenagem para remover o acúmulo de água que fica sobre o material, quando cobrindo a piscina.

A capa térmica protetora é ótima para conservar a temperatura e o volume da água, pois reduz a evaporação e mantém até 80% da temperatura ambiente da água. Esse modelo deve estar em contato com a superfície da piscina, a fim de conservá-la aquecida.



Fonte: Sodramar.


Outros artigos relacionados


Image Blog

História das Piscinas!

Image Blog

Principais motivos para adquirir sua piscina

Image Blog

Principais Motivos para construir uma piscina no Inverno

Image Blog

Piscina de Vinil: Design Versátil para Toda Ocasião

Image Blog

Como funciona o gerador de ozônio para piscinas

Image Blog

Como deve ser feita a manutenção de piscinas de condomínios?

Image Blog

Quais as principais vantagens das piscinas de fibra de vidro?

Image Blog

Saiba como evitar o desperdício e o gasto excessivo de água na piscina

Image Blog

Como manter a piscina limpa por mais tempo: 4 dicas simples

Image Blog

6 dicas de segurança na piscina para ter um verão tranquilo com as crianças

Image Blog

Jogos para brincar na piscina!

Rua Porto Alegre, 1309
Francisco Beltrão - PR
46 3523-6060
Todos os Direitos Servados Kisol Piscinas - Desenvolvimento Zipp Soluções